• Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Tel: (21)2652-2814 / (21)2772-3629
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 Bioplastia é considerada "Plástica do Terceiro Milênio". A arte de esculpir e moldar o corpo, onde o talento e a criatividade aplicada em determinados detalhes fazem toda a diferença:

• Sem cortes

• Sem dor

• Sem cicatrizes

A Bioplastia chegou com um novo olhar para o futuro. Foi cientificamente provado que a causa das depressões (sulcos e rugas) da face que aparecem ao longo do tempo como principal consequência à perda de volume muscular e ósseo, principalmente na linha da mandíbula e não, como geralmente acreditavam, pelo efeito da gravidade que provoca os tecidos moles e a perda de sustentação.

 

Outra razão que contribuiu para o desenvolvimento da Bioplastia na Medicina Estética foi a descoberta de biomateriais (pesquisados exaustivamentes através de estudos cientificamente comprovados) que demonstraram serem seguros. Um bom exemplo desses biomateriais é o polimetilmetacrilato (PMMA), já utilizado em milhões de pessoas, em um período superior a dez anos. O PMMA é um biomaterial que tem a aprovação da Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos e é utilizado sob a marca Artefill e na Europa sob a marca Artesens.

O que é a Bioplastia?  A Bioplastia é considerada uma cirurgia plástica sem cortes. É definida como um procedimento minimamente invasivo que visa o preenchimento de determinada área do rosto ou do corpo, através do implante de substancias biocompativeis em plano subcutaneo e/ou muscular. 

Estas substâncias não são tóxicas e não causam alergia ou rejeição. Estão profundamente implantadas através de um pequeno orifício feito na pele, sem cortes ou pontos, usando micro cânulas, que são como agulhas, mas que têm a ponta arredondada, não lesam os vasos sanguíneos e nervos. Tudo é feito sob anestesia local, no próprio ambiente ambulatorial cirúrgico com a possibilidade de o paciente acompanhar passo a passo através de um espelho todos os procedimentos.

Os resultados são visto imediatamente após a Bioplastia sem a necessidade de intermináveis retoques. A técnica é adequada para homens e mulheres (de modo personalizado para cada paciente) realçando linhas, ângulos e contornos podendo também corrigir imperfeições. A bioplastia promove a beleza e o rejuvenescimento ao recuperar o antigo desenho da face ou complementar o resultado da cirurgia plástica realizada.

Biomaterial utilizado

O polimetilmetacrilato (PMMA) foi descoberto na Alemanha em 1902, pelo químico O. Rohm e foi patenteada em 1928. O primeiro uso na área da saúde ocorreu em 1936. Foi utilizado extensivamente desde então em uma variedade de serviços médicos e dentários. Existe uma história de uso de polimetilmetacrilato com mais de 30 anos como cimento ósseo, implantes de joelho e implantes intraoculares há mais de 10 anos como um implante inventariável, tendo sido utilizada em milhões de pacientes, demonstrando a estabilidade e os excelentes resultados com a mínima taxa de complicação.

O primeiro uso como um produto para aumentar a injeção tecidual foi realizada em 1989 por G. Lemper e seus colaboradores. Hoje o polimetilmetacrilato ou PMMA é um biomaterial aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos e utilizado sob a marca Artefill.

 

Características do polimetilmetacrilato (PMMA)

 

1. O PMMA serve como bioexpansor, preenchendo a região onde é aplicado.

2. Implante inventariável composto de microesferas de PMMA em veículo não proteico.

3. Biologicamente inertes.

4. Produz resultados permanentes.

5. Os melhores resultados foram observados 30 dias após a aplicação, na medida em que estimula a formação de fibroblastos, a produção de colágeno e elastina. Isto se aplica através de micro cânulas não traumáticas, minimamente invasivas e de processo seguro. Os resultados estéticos dos pacientes tratados têm sido muito bem sucedidos devido à aparência natural, provocando uma mudança na autoestima dos pacientes, permitindo-lhes continuar com a vida e, muitas vezes, voltar à sua profissão.

6. Não causa efeitos colaterais (toxicidade, a recusa ou câncer).

7. Não altera a sua forma ou volume ao longo do tempo.

8. Pode-se colocar mais produto no mesmo lugar, se desejado imediatamente após a aplicação ou anos depois se necessário.

9. Preenchimento com produtos alternativos como o Ácido hialurônico é caro e de muito curta duração. Os implantes de gordura autóloga são complexos, principalmente em portadores do HIV, deve ser realizado em uma sala cirúrgica e sua permanência de internação é imprevisível, a necessidade de abordar uma série de resultados e para um mínimo de segurança.

 

Por que o PMMA?

Para utilizar a Bioplastia são selecionadas microesferas de polimetilmetacrilato variando de tamanho dentro de um padrão ideal são conhecidas e suspensas em um veículo viscoso programado. As esferas de PMMA foram selecionadas e depuradas, mostrando um tamanho padrão, medido por varredura a laser. Como as microesferas maiores que um macrófago, elas não são ingeridas (não migram, sem mudança de local). O veículo de gel é absorvido e eliminado, deixando um espaço para uma reação inflamatória controlada, que acaba por depositar colágeno no lugar. Isso define o colágeno biomaterial implantado no local.

 

Porque é melhor usar a Bioplastia?

O melhor desta nova tecnologia é uma solução simples dos problemas da medicina estética e que seriam intratáveis pelos métodos convencionais, tais como casos de sequelas de poliomielite, AIDS e atrofia facial. A Bioplastia estaria sendo considerada “a Plástica do Terceiro Milênio”.

 

Vantagens de fazer uma Bioplastia?

1. Biocompatibilidade.

2. Não existem reações alérgicas.

3. Você não precisa fazer teste de susceptibilidade.

4. O paciente não é internado.

5. Não existe pós-operatório.

6. É um tratamento ambulatorial.

7. É feito com pequenas quantidades de anestesia local.

8. O material é moldado no momento da aplicação.

9. Aplica-se de forma rápida e segura.

10. A quantidade do produto depende do grau de correção desejado.

11. Deve permanecer estável.

12. Não migra ou muda de lugar.

13. O resultado pode ser simulado com anestésico ou soro fisiológico.

14. Aplicação com cânulas atraumáticas, em vez de agulhas.

15. Pode ser aplicado em variarias camadas da pele e nos tecidos mais profundos (justa periósteo, subcutânea, intramuscular ou mucosas).

16. Participação ativa do paciente no processo.

17. Resultado imediato.

18. O paciente pode retomar as suas atividades normais rapidamente.

19. O biomaterial não é reabsorvido pelo corpo.

20. O biomaterial não estaria relacionado com o silicone.

21. Baixa taxa de complicações.

22. Custo, valor e preço relativamente baixo.

 

Porque é feita?

Porque a melhoria da nossa imagem com o resto de nós não só contribui significativamente para enriquecer a nossa autoestima, mas também para nos dar uma oportunidade de se destacarmos no mundo social e de emprego mais elevados que nos rodeiam. A Bioplastia ajuda a embelezar a nossa aparência. Dar-nos-ia a qualidade pessoal desejada de termos uma melhor projeção. Faz-nos sentir mais seguros, melhorando a nossa personagem, torna-nos pessoas mais interessantes, reforça a nossa imagem e torna todos os momentos em uma atitude mais enérgica no sentido vida. O Rejuvenescimento da pele é agora uma realidade ao nosso alcance através da Bioplastia.

 

Em que regiões do corpo se aplicam?

Existem variarias partes da anatomia humana que pode ser tratada através de Bioplastia.

Em seu rosto: bochechas, queixo, nariz (rinomodelação ou modelagem ou modelagem nasal), lábios, linha da mandíbula e o contorno do rosto.

No corpo, principalmente: as mãos, a área das nádegas, bumbum, glúteos e nos genitais externos masculinos e femininos (vagina, pênis, vulva, etc.). Antes de executar cada procedimento de Bioplastia, o médico especialista, deve realizar uma análise clinica cuidadosa do rosto de cada pessoa para avaliar exaustivamente todos os recursos que deverão ser abordados no rosto, como no corpo.

Nota: É importante comunicar a todas as pessoas interessadas em fazer alguma Bioplastia, cada um deles, dependendo do tipo, que pode ser feito mais vezes durante uma única nomeação ou consulta, mas alguns casos exigem mais uma sessão com a finalidade de aprimorar os resultados. Passado algumas semanas e, de acordo com as avaliações de cada paciente e o seu especial desenvolvimento, por vezes é necessário fazer uma nova Bioplastia de retoque para ajudar a alcançar os resultados desejados.

Nesses casos específicos, uma vez que são essenciais para promover o uso de diferentes quantidades de substâncias e materiais para a realização do procedimento, os pacientes devem saber que cada retoque de Bioplastia teria um preço adicional de um montante que seria relacionado com os fatores anteriormente explicados.

BIOPLASTIA CORPORAL. A bioplastia permite que diversas regiões do corpo sejam modificadas com a intenção de harmonizar com o restante do corpo. Porém, todo e qualquer procedimento médico, seja ele estético ou não, necessita de uma minuciosa avaliação, feita aos olhos de profissionais qualificados. É importante que se respeite as linhas naturais do corpo de cada paciente uma vez que se sabe que não existem duas pessoas iguais no mundo.

Esses cuidados devem ser tomados de modo a evitar exageros em relação às proporções que compõem o corpo de um indivíduo. Na bioplastia, especificamente, é preciso que se avalie e explique para o paciente, quais são as reais possibilidades referentes à região e quantidade de produto, antes que se inicie um tratamento.

BIOPLASTIA DE GLÚTEOS. Entre os procedimentos de bioplastia mais procurados está a bioplastia de glúteos. Com ela é possível modelar a região glútea por meio de algumas mudanças, como redefinir sua forma, elevar e aumentar seu volume.

A bioplastia de glúteos e realizada com produto definitivo, ou seja, não é absorvido pelo organismo. Com a bioplastia de glúteos é possível corrigir a depressão trocantérica, situada na lateral do bumbum, considerada por muitas mulheres como um aspecto desfavorável.

Procurada por pessoas de todo o Brasil, a bioplastia de glúteos pode ser realizada ambulatorialmente e com utilização de anestesia local. Além disso, a bioplastia de glúteos pode ser associada a outros tratamentos no combate à celulite avançada. Em conjunto com a técnica de subcisão, a bioplastia de glúteos pode minimizar ou remover completamente o aspecto de “casca de laranja” na pele.

BIOPLASTIA EM MÃOS. Um assunto que se tem falado muito no campo da estética se refere aos cuidados que se tem com o rosto em relação ao descaso com as mãos. No entanto, as duas são regiões que estão constantemente expostas e que denunciam os efeitos do tempo.

As mãos vão perdendo tecido conjuntivo, fazendo com que a pele fique mais flácida e, muitas vezes, manchada. Aos poucos, as mãos começam a revelar veias e tendões, de modo que a bioplastia de mãos vai atuar repondo esse volume perdido e diminuindo o aspecto senil.

No processo de rejuvenescimento, a bioplastia de mãos pode ser associada a tratamentos como peelings e laser, para tratar as manchas.

BIOPLASTIA PEITORAL. O preenchimento da região peitoral é indicado para pacientes que sofrem com a hipotrofia do músculo peitoral, conhecida como Síndrome de Poland. Essa agenesia do músculo peitoral leva a uma desproporção em relação ao resto do corpo.

Além disso, esse constitui um problema que dificilmente seja compensado por exercícios físicos. Dessa forma, a bioplastia peitoral pode preencher essa depressão de forma objetiva e em uma única sessão.

BIOPLASTIA EM LIPODISTROFIA. Os pacientes com soropositivo podem ser beneficiados com o uso da bioplastia. Em razão do uso da medicação retroviral receitada para os portadores de HIV, ocorre a perda de volumes em regiões como a face. Por se tratar de uma parte do corpo que está a maior parte do tempo exposta, a bioplastia se torna uma alternativa para o preenchimento das zonas afetadas.

Nesses casos, a bioplastia tem sido uma opção muito procurada, também, por não submeter o paciente fragilizado ao ambiente hospitalar, a cirurgias e a anestesia geral. Todo o procedimento é realizado no consultório onde é utilizada a anestesia local.

BIOPLASTIA FACIAL. A bioplastia facial tem uma atuação muito presente em diversas regiões do rosto. Com ela é possível realçar traços, tornando-os mais evidentes. Na bioplastia facial é viável alterar o ângulo e o tamanho do nariz, realçar a linha da mandíbula, entre outras possibilidades.

Com o preenchimento de lábios se reforça os contornos podendo deixá-los mais carnudos e proeminentes. Outro exemplo é a bioplastia de maçã do rosto, que se busca reforçar os ângulos perdidos com o tempo.

BIOPLASTIA DE NARIZ. A bioplastia de nariz permite fazer uma pequena elevação na ponta nasal, tornando-o mais empinado. É possível projetar sua ponta e melhorar o dorso nasal.

No procedimento para levantar a ponta nasal com a bioplastia de nariz, é feito um sustentáculo, por meio de um pertuito na base com uma agulha rosa, onde será introduzida a microcânula em direção à espinha anterior.

BIOPLASTIA DE LÁBIOS. O preenchimento labial é um procedimento muito procurado há bastante tempo. É comum que muitas mulheres procurem ter lábios mais carnudos e “inchadinhos”. O preenchimento labial tem a possibilidade de criar essas características em poucos minutos de sessão.

 

Nessa região, geralmente, são utilizados produtos absorvíveis como o ácido hialurônico, com duração de em média um (1) ano. Essa escolha para o preenchimento labial se deve, também, ao fato de estes produtos terem a consistência mais próxima da natural dos lábios.

BIOPLASTIA LINHA DA MANDÍBULA. A bioplastia na linha da mandíbula ajuda a criar ou ressaltar um importante ângulo que forma o rosto. A linha da mandíbula define o traço que divide o rosto e o pescoço. Com a bioplastia de linha da mandíbula é possível corrigir as “bolsinhas de gordura” que muitas vezes se formam nas laterais do queixo.

 

A bioplastia na linha da mandíbula pode, também, criar o alargamento do terço inferior da face, muito indicado para rostos no formato oval ou triangular. Nesse procedimento, assim como nos outros de bioplastia, o paciente acompanha todo o processo acordado e opinando quanto aos resultados.

BIOPLASTIA EM MAÇÃ DO ROSTO. A bioplastia na região da maçã do rosto ajuda a melhorar a definição da maxila, além de influenciar muito no jogo de luz que incide sobre a face. A bioplastia de maçã do rosto atua na volumetria que é perdida com os efeitos do envelhecimento.

 

A bioplastia de maçã do rosto vai proporcionar um efeito muito semelhante ao do lifting cirúrgico e, em muitas ocasiões, esse procedimento é realizado em associação à bioplastia de linha da mandíbula.

 

BIOPLASTIA DE QUEIXO. A bioplastia de queixo — ou bioplastia de mento — tem sido um procedimento cada vez mais procurado nas clínicas que trabalham com essa especialidade. Com material biocompatível, a bioplastia permite aumentar e protuir o queixo, criando uma maior harmonização em relação demais traços do rosto.

 

A ideia de harmonia da face sugere que a linha anterior do mento precisa estar exatamento no mesmo nível em que está a linha da glabela. Dessa forma, a bioplastia de queixo vai criar esse volume e alinhar estas medidas.

 

магазин DVD фильмов
Battlefield 4 Beta обзоры, тесты, новости
Deixe seu comentário

Certifique-se de introduzir a informação (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.